Segurança pública

Araguari: preso articulador de repasse de droga e celular em presídio

Siga o canal de notícias @alouberlandia no Instagram

Equipes das polícias Civil de Minas Gerais (PCMG), Militar e Penal desencadearam, nesta terça-feira (27/4), operação de repressão a um esquema criminoso de repasse de drogas e aparelhos celulares para detentos do presídio em Araguari, Triângulo Mineiro. Durante a ação integrada, o principal articulador foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, além de outros dois investigados, um por tráfico de entorpecentes e outro por tentativa de homicídio.

As prisões ocorreram enquanto os policiais cumpriam mandados de busca e apreensão. No total, as equipes percorreram 13 endereços relacionados com nove investigados alvos da operação. De acordo com o delegado da PCMG em Araguari, Felipe Oliveira Monteiro, apenas nas celas da unidade prisional, os policiais penais encontraram nove aparelhos celulares, além de baterias e carregadores. Já nos demais imóveis, foram arrecadados uma arma de fogo e um simulacro, maconha e uma balança de precisão.

Monteiro informa que foram instaurados inquéritos policiais ao longo de aproximadamente um ano para apurar os fatos. Por meio das investigações foi possível identificar a liderança do esquema e outros envolvidos, bem como a dinâmica da ação criminosa. “Conforme apurado, esse investigado aliciava adolescentes para arremessar entorpecentes no interior do presídio. Ele poderá ser responsabilizado por tráfico de drogas, associação criminosa e corrupção de menores”, explica.

Demais prisões

No curso da operação realizada hoje, um dos suspeitos, após os policiais cumprirem o mandado de busca na casa dele, acabou sendo preso em flagrante por homicídio tentado. “O investigado se deparou com um desafeto e jogou o veículo na direção da vítima, tentando atropelá-la”, conta o delegado. Já o terceiro preso foi encontrado em posse de materiais ligados ao tráfico.

Ainda, dois adolescentes foram apreendidos em flagrante por ato infracional análogo ao tráfico de drogas. Houve também a condução de outra pessoa que foi autuada por uso de drogas, sendo lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência. No total de seis conduzidos na intervenção policial, três foram encaminhados ao sistema prisional.

Blitz

Após a operação, as Forças de Segurança continuaram o trabalho de prevenção e repressão à criminalidade, com a realização de blitz ostensiva em pontos estratégicos da cidade. Na ocasião, houve abordagem a pedestres e de veículos.

Fonte/crédito imagem: PCMG

ASSISTA AS LIVES DO CANAL ALÔ UBERLÂNDIA NO FACEBOOK