Brasil Entretenimento Uberlândia

Médico de Uberlândia usado em golpe com família de Rodrigo Mussi se pronuncia

O acidente de Rodrigo Mussi na semana passada deixou o Brasil em choque, e desde então, o público segue torcendo pela recuperação do ex-BBB, que segue internado em estado grave, mas melhorando com o passar do tempo.
Porém, mesmo em uma situação delicada, alguns criminosos tentaram aplicar um golpe na família de Rodrigo, se passando por um suposto médico do Hospital das Clínicas e solicitando R$ 7 mil para comprar remédios.

Todavia, a foto utilizada no golpe é de um médico de verdade: Adriano Barra Della Torres, cirurgião-geral da cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, que ficou surpreso com o ocorrido e chegou até a registrar um boletim de ocorrência, provavelmente pro falsificação ideológica.

Em gravação para programa noticioso na Globo de Minas Gerais (TV Integração), além de expor os fatos citados acima, ele garantiu que nunca chegou a trabalhar em outra cidade ou estado, tornando ainda mais impossível a credibilidade do golpe.

Duas coisas me deixaram perplexo. A primeira é a minha imagem estar sendo utilizada, sendo colocada nesse golpe. E a segunda, a ação dessa pessoa, que foi execrável de tentar aproveitar da fragilidade de uma família para conseguir dinheiro”.

Adriano se considera mais uma vítima do caso: “Registrei boletim de ocorrência tentando mostrar a situação de que eu sou uma vítima, assim como a família que foi abordada por essa pessoa que tentou fazer a extorsão. Espero que tudo se resolva e o culpado seja punido”.

ENTENDA O CASO

Além de ter que lidar com o peso de ter seu irmão, Rodrigo Mussi, internado em estado grave, Diogo Mussi ainda tem que enfrentar pessoas que tentam se aproveitar dessa trágica situação.

Um criminoso tentou se passar para um médico do Hospital das Clínicas e pediu um 7 mil reais para que o ex-BBB tivesse acesso a remédios.

Tentaram se passar por um médico do HC agora. Me pediu R$ 7 mil para que meu irmão tivesse remédios que não possuem no JC”, começou Diogo.

Além de compartilhar o caso, Diogo aproveitou para expor o número e a foto que o golpista estava usando na conversa, que agora sabemos se tratar de Adriano Barra Della Torres.

O pior é se passar por um médico, dando informações sobre a gravidade do estado de saúde do Rodrigo. Meu coração quase parou. Já passei tudo para a polícia”, desabafou o irmão do ex-brother.

Fonte e Imagem

Médico usado em golpe com família de Rodrigo Mussi se pronuncia