Uberlândia

A Vereadora Pâmela Volp é cassada na Câmara Municipal de Uberlândia

A parlamentar respondia por quebra de decoro ao ser alvo da operação Má Impressão.

Durante a manhã desta sexta-feira 22 de maio, na sétima sessão ordinária da Câmara Municipal de Uberlândia, foi realizada a Sessão de Julgamento com o requerimento de denúncia pela vereadora afastada Pâmela Volp, de autoria Gabriel Santos Miranda e Guilherme Rossi Grossi. Seriam necessários Dois terços dos vereadores presentes.

O secretário, vereador Sérgio do bom Preço (PP), convocou a vereadora e o seu advogado constituído Rogério Inácio de Oliveira, presentes à sétima reunião ordinária de maio, sessão de julgamento.

Os vereadores presentes entenderam que a infração político-administrativa foi cometida por ela ao não apresentar as notas e recibos referentes ao material impresso encomendado pelo gabinete, por isso não provando que a verba indenizatória foi utilizada de modo regular como por ela afirmado.

A vereadora afastada Pâmela Volp foi cassada por 20 votos favoráveis. Cinco abstenções. Culpada pelo uso da verba indenizatória de forma irregular, a vereadora é afastada definitivamente, ficando inelegível por oito anos.

Assessoria Câmara Municipal de Uberlândia

ASSISTA AS LIVES DO CANAL ALÔ UBERLÂNDIA NO FACEBOOK