Uberlândia

1ª sessão na Câmara pode ser marcada com grande protesto da população

A primeira sessão na Câmara Municipal de Uberlândia, marcada para o dia 3 de fevereiro de 2020, deve iniciar com manifestação. A população se organiza através de redes sociais, reivindicando a saída do presidente em exercício Wilson Pinheiro.

Marcos Antônio, morador do bairro Alvorada declarou ao nosso canal que, pode até ser legal ele ser o presidente em exercício, mas é imoral diante de tudo que aconteceu para nossa população. “Com certeza eu estarei lá reivindicando a saída dele para que as coisas caminhem de forma natural até que conclua todo esse processo no Ministério Público”.

Rilza Leite, moradora do bairro shopping Park, também fez o seu relato do motivo que está fazendo com que ela compareça na segunda-feira no plenário da Câmara. “Eu estou indignada! Acho um absurdo tudo aquilo que a gente tem vivido nos últimos dias com essa política da nossa cidade. Vou protestar para ver se as coisas mudam e a população também possa despertar para o futuro!”.

Hoje pela manhã, a vereadora Michele Brettas, participou na Rádio Vitoriosa, declarando que ela não pegou o cargo de ordenadores de despesa da câmera, por entender que a recomendação do Ministério Público seria mais importante para o momento que o legislativo vive.

As informações que nós obtivemos sobre o protesto, é que a população está sendo mobilizada para comparecerem às 8h00 no plenário da câmera, com: apitos, faixas e cartazes reivindicando a saída do presidente da Câmara em exercício e que as coisas possam caminhar de forma moral daqui pra frente.

E é claro que nós do canal de notícias Alô Uberlândia estaremos lá para fazer essa cobertura e contar tudo pra vocês!

Participe do nosso grupo Whatsapp