Segurança pública

UBERLANDIA PARTICIPA DA OPERAÇÃO NACIONAL “FIM DE LINHA – 4ª FASE”

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, participou hoje, (quarta-feira, dia 7), da Operação Fim de Linha – 4ª fase – Do Oiapoque ao Chuí desencadeada pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública, e executada em 113 municípios de 23 estados da federação. Em Uberlândia, dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, houve apreensão de materiais eletrônicos e uma pessoa foi conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos.

Segundo o delegado regional de Polícia Civil, Gustavo Abrahão Anaí, a 1ª DRPC participou da operação em apoio à polícia gaúcha que deflagrou a quarta fase da operação com o objetivo de combater a prática de crimes de uma organização criminosa de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que tem ramificação em vários estados da Federal e conexões para a remessa de drogas com cidades do Paraguai. Nove policiais da Inspetoria da 1ª DRPC, e delegacias de Furtos e Roubos de Veículos e da Homicídios participaram da operação.

De acordo com informações divulgadas pelo comando da operação em âmbito nacional, nesta ação, os policiais saíram às ruas para cumprir 403 mandados de busca e apreensão, quatro prisões preventivas e apreender 187 veículos, sete embarcações e nove aeronaves que estavam em poder da organização. “Exceto imóveis, os demais bens apreendidos estão avaliados em aproximadamente R$ 43 milhões de reais. A ação contou com o apoio logístico e operacional da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, viabilizando o trabalho integrado entre as policiais civis dos 23 estados participantes. no enfrentamento à organizações criminosas dedicadas a lavagem de dinheiro vinculadas a facções criminosas atuantes no Rio Grande do Sul”, divulgou o comando da operação.

Segundo a divulgação, a investigação contou com apoio do Ministério de Justiça e Segurança Pública (MJSP), vinculado a Operação Hórus que é uma operação permanente dos Guardiões da Fronteira, visando coibir crimes fronteiriços em todo território nacional. Ao todo foram empregados aproximadamente 1300 policiais civis dos 23 Estados para o cumprimento das 925 ordens judiciais. As investigações começaram em 2021.

No Triângulo Mineiro, uma outra unidade regional participou da operação. A Delegacia Regional de Ituiutaba cumpriu dois mandados de busca e apreensão com apreensão de um veiculo e objetos.

Fonte: Assessoria de Imprensa Polícia Civil/MG