Segurança pública

Três suspeitos são presos por porte ilegal de arma e coibição de irregularidade

No início da tarde desta terça-feira, 17 de março de 2020, por volta das 13h, a polícia militar foi acionada através de uma denúncia anônima no disque 181, em que foi visto um indivíduo: magro, negro, de camiseta clara, calça jeans, com uma jaqueta preta em mãos, no cruzamento da avenida Balaiada com a avenida Republica do Piratini, portando uma arma na cintura. Os militares iniciaram uma busca pelo bairro para localizar o suspeito.

Outra ligação anônima, trazia a informação que o cidadão com as mesmas características havia passado próximo a um comercio na avenida Pedro Quirino, sentido a avenida Frei Caneca, acompanhado de outro sujeito, que eles ocupavam uma C100 Biz de cor cinza, exibindo uma arma de fogo.

Os militares, foram para o local e na rua André Rebouças, viram, em um local onde funciona uma borracharia, dois indivíduos.

Ao verem a equipe policial, esboçaram inquietação suspeita. Os militares abordaram os suspeitos para realizarem as buscas.

Durante as buscas, um cidadão com as características da primeira denuncia, virou a esquina da Pedro Quirino sentido a André Rebouças, a pé, e com a camiseta em mãos.

Ao verem os militares na abordagem próximo a Moto, saiu correndo. Então, fora deixado um militar na contenção dos abordados e iniciado acompanhamento visual, com comunicação do percurso do suspeito via rede rádio copom.

Pouco depois, uma viatura que estava em apoio à ocorrência realizou a abordagem do suspeito em fuga no interior de um terreno vago na rua David Canabarro cruzamento com avenida Guia Lopes.

Ele alegou que estava no local para receber um dinheiro de um cidadão que o devia.

Ao retornarem ao local em que os outros dois foram abordados. Um dos abordados, de 24 anos, alegou ser o responsável pela suposta borracharia, disse que o suspeito de 35 anos chegou conduzindo a motocicleta, juntamente com o suspeito também de 24 anos e a deixou no local, solicitando para que remendasse o pneu.

Ao ser aberto o compartimento do acento, foi localizada uma pistola Bersa Argentina, de calibre .22, cor preto com prata, carregada com 10 munições e R$ 500,00, que não souberam dizer a origem.

Foi dado voz de prisão a todos os suspeitos pela pratica de associação ao crime aos suspeitos: de 35 anos, pelo porte de arma de fogo, uma vez que estava na condução da motocicleta; de 24 anos e passageiro da motocicleta por coparticipação, por estar acompanhando e estar ao local e ao responsável pela borracharia, por favorecimento a pratica de crime, por ele ter tentado ocultar as chaves da motocicleta no interior de seu imóvel, tentando coibir e ou prejudicar a possível localização da arma de fogo.

Fonte: Polícia Militar/MG

Participe do nosso grupo Whatsapp