Segurança pública

Polícia Civil de Uberlândia prende acusados de assassinar comparsa

A Polícia Civil de Uberlândia realizou na terça-feira, dia 11, a prisão em flagrante de dois homens acusados de matar um homem identificado por Raniel Roberto Lima dos Reis, 32 anos, na segunda-feira, dia 10. O crime ocorreu por volta das 14h20 na Rua Amaral Coutinho, no bairro Minas Gerais. O motivo do homicídio teria sido desentendimento entre a vítima e os suspeitos por causa de um furto.

 

A prisão foi feita por investigadores da Delegacia de Homicídios, sob o comando da delegada Thays R. Silva, com apoio da Polícia Militar. Segundo a autoridade policial, a vítima foi morta a tiros. “Ela e os suspeitos tinham se desentendido por causa da partilha de uma quantia em dinheiro furtada por eles, anteriormente”, declarou. As investigações tiveram início a partir do registro do assassinato.

 

De acordo com a delegada, a vítima foi atingida por três tiros, na cabeça, tórax e virilha. Um irmão de Raniel disse que os suspeitos chegaram em sua casa, um a pé e outro de bicicleta, perguntaram onde morava a vítima, e ao obtiverem o endereço, se dirigiram à moradia e a executaram, evadindo-se pelas ruas do bairro. “Outras pessoas podem estar envolvidas no crime”, segundo a polícia.

 

A delegada mencionou que o crime foi elucidado rapidamente e destacou a agilidade com que as informações foram repassadas para a polícia. Conforme ela, “essas informações foram de grande relevância”. As diligências continuam com o objetivo de localizar os demais suspeitos e a arma usada no crime. Os dois foram encaminhados ao Presídio Professor Jacy de Assis, após o flagrante.

 

Eles foram identificados como Lucas Vinicius Santos Oliveira, 20 anos, e Marcos Murilo Correia Oliveira, 19 anos.

.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil de Uberlândia (MG

ASSISTA AS LIVES DO CANAL ALÔ UBERLÂNDIA NO FACEBOOK