Segurança pública

PCMG deflagra 4ª fase da operação Paschoal no Triângulo Mineiro

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a 4ª fase da operação Paschoal, resultando na prisão de dois indivíduos, ambos de 28 anos, suspeitos de envolvimento no roubo de defensivos agrícolas, ocorrido em uma fazenda na cidade de Campo Florido, região do Triângulo.

Um dos suspeitos foi preso hoje (20/6) e o outro, nessa segunda-feira (19/6). Conforme apurado, um dos presos é o principal suspeito de liderar o roubo, sendo responsável por organizar o crime e ficar com a maior parte do dinheiro proveniente da venda dos defensivos agrícolas.

O crime ocorreu em janeiro deste ano, quando criminosos roubaram defensivos agrícolas, avaliados em mais de R$ 1 milhão. Na ocasião, os suspeitos, portando arma de fogo, renderam o segurança da propriedade e obrigaram os funcionários a carregar um caminhão da fazenda com os produtos. Em seguida, os homens fugiram levando o caminhão e o material.

A ação foi coordenada pela Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Rurais, com o apoio da 1ª Delegacia Regional de Polícia em Uberaba.

Outras etapas

Na primeira fase da operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e outros dois de prisão, expedidos contra um casal. Os suspeitos foram presos e encaminhados ao sistema prisional.

Na fase seguinte, um terceiro suspeito foi preso em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo, pela Polícia Militar daquele estado. O investigado foi detido em virtude de mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

Já na etapa da ação, outro suspeito foi preso em Nova Ponte, na Zona da Mata Mineira, também em razão de mandado de prisão temporária.

No total, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e seis de prisão.

O nome da operação faz referência à Adilson D. Paschial, primeiro a escrever sobre defensivos agrícolas no Brasil.

Fonte: ASCOM-PCMG