Região

Jovem de 21 anos foi morto em festa na cidade de Araguari

Durante a madrugada desse dia 9 de fevereiro de 2020, por volta de zero horas e 32 minutos, na rodovia MG 223 KM 0 próximo a cidade de Araguari

Segundo informações de testemunhas e das vítimas, eles se encontravam na festa quando ouviram estampidos de tiros de arma de fogo, no momento em que começou um tumulto onde várias pessoas saíram correndo do local, que estava escuro apenas com jogo de luz e com pouca visibilidade.

No instante depois, após o tumulto, quando algumas das pessoas retornaram para local da festa viram que havia um jovem caído ao solo com mancha de sangue ao lado da cabeça e sem sinais vitais.

Com isso eles ligaram para a Polícia Militar no 190 que ao chegar no local constatou que a vítima estava com perfuração na cabeça possivelmente proveniente de disparos de arma de fogo. A vítima já estava sem sinais vitais e e veio a óbito no local.

Duas pessoas que também estavam na festa foram alvejadas por disparos de arma de fogo. Na UPA foi constatado que uma delas foi alvejada por um tiro que segundo a médica de plantão atingiu o peito e não atingiu nenhum órgão vital, que não corre risco de morte.

Já a outra vítima foi alvejada por um disparo na região da cabeça e que o disparo pegou de raspão e também não corre risco de morte.

Quando os Militares perguntaram para uma das vítimas que estava na UPA, esta relatou que estava trabalhando na festa de DJ quando ouviu os disparos e sentiu que algo havia atingido sua cabeça, ficou assustado, pegou um pedaço de pano colocou no local do sangramento e de imediato correu para seu veículo e saiu em alta velocidade com destino a UPA para atendimento médico. O mesmo disse que não viu o suspeito dos disparos e que não conhecia e nem tem relacionamento com as outras vítimas.

A outra vítima foi socorrida por terceiros e enquanto estava consciente relatou que também não havia visto quem efetuou os disparos, e que não conhecia as outras vítimas.

Testemunhas e pessoas que estavam no evento disseram que não viram o suspeito dos disparos.

Foi acionada a perícia que realizou seus trabalhos e liberou o corpo para a funerária.

Foi realizado levantamentos com intuito de identificar e localizar o suspeito, mas até momento sem êxito, mas seguem em rastreamento.

Se você tem alguma informação sobre esse suspeito, entre em contato no disque denúncia 181.

Fonte: Polícia Militar/MG

Participe do nosso grupo Whatsapp