Uberlândia

Três mil mudas começam a ser plantadas no Parque da Longevidade

Do início do ano até agora, Município já contabiliza plantio de cerca de cinco mil novos exemplares

Cerca de três mil mudas de árvores de diversas espécies nativas do Cerrado (como ingá, embaúba, mangue, mutambo, pororoca, jacarandá e ipês roxo, amarelo e branco) começaram a ser plantadas hoje (14) no Parque da Longevidade, no bairro São Lucas. O objetivo da ação é revitalizar a área verde do local e aumentar o trecho de mata ciliar às margens do Córrego do Óleo.

O plantio, encabeçado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico, aindacontou com a ajuda de alunos da Escola Municipal Professora Maria José Mamede Moreira, representantes do Grupo de Escoteiros, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar de Meio Ambiente, do 36º Batalhão de Infantaria Mecanizado (BIMec), além da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Uberlândia.

A aluna do 4º ano Maria Vitória Nogueira Rosa, de 10 anos, fez questão de colocar as mãos na terra e ajudar a plantar algumas mudas. “É uma sensação muito boa. Acho que vai ficar muito bonito e ajudar nossa natureza”, disse.

Sustentável

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico, Dorovaldo Rodrigues Júnior, o trabalho não irá parar por aqui. A equipe ainda deve plantar mais algumas mudas em espaços públicos da cidade até o final do ano. Além disso, a ação vai continuar no próximo ano durante o período chuvoso, época mais propícia para o plantio.

“O compromisso da gestão do prefeito Odelmo Leão é colocar o verde novamente na cidade de forma sustentável e organizada. Para isso, nós estamos plantando espécies arbóreas adequadas em locais devidos. Nosso objetivo aqui no Parque da Longevidade é preservar a biodiversidade, melhorar a qualidade da água do Córrego do Óleo adensando a mata ciliar, e também proporcionar à população melhores condições de utilização do espaço público”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico, Dorovaldo Rodrigues Júnior.

Benefícios para os moradores

A moradora do bairro São Lucas Romilda Maria barros caminha todas as manhãs pelo Parque da Longevidade. Para ela, o plantio de cerca de três mil mudas de árvores no local vai beneficiar toda a população que vive no entorno do parque. “Estava fazendo falta. O parque estava precisando de mais árvores. Acho que vai melhorar demais o espaço e as pessoas vão poder aproveitar mais para o lazer”

“Com essa ação no Parque da Longevidade, completamos cinco mil árvores plantadas pela Prefeitura de Uberlândia apenas em 2018. Estamos fazendo a nossa parte, de forma sustentável e organizada, e contamos com a colaboração de toda a população para manter essas áreas preservadas”, disse o assessor de Meio Ambiente, Anderson Alves de Paula.

Trabalho contínuo

Os trabalhos integram ainda o segundo ciclo de recuperação e revitalização de áreas verdes, com prevenção de impactos e reflorestamento do município. No último mês, por exemplo, 700 mudas foram plantadas em duas áreas: 500 no Córrego Bons Olhos e 200 no Parque Linear Santa Luzia. A primeira etapa da ação foi iniciada em maio deste ano, com a realização de vários serviços, como retirada de lixo, entulho e massa verde, além de roçagem, recolhimento de folhas e galhos secos e remoção de bambus e espécies invasoras.

Desde que os trabalhos foram iniciados, os Córregos do Carvão, Liso, Lagoinha, Santa Luzia, Mogi, Bons Olhos e do Óleo, além do Parque Linear do Rio Uberabinha, entraram no cronograma, com diversas frentes de trabalho. Todos os serviços são desenvolvidos em conformidade com o Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema).

Consciência ambiental

Mesmo para quem deseja colaborar com o reflorestamento do município, é importante buscar orientações para que a contribuição não se torne um prejuízo no futuro. “Árvore é vida, e se o morador deseja plantar, é muito válido, mas que procure as instruções com nossa equipe de profissionais pronta para atendê-lo no Horto Municipal. Não se pode plantar um pé de tamarindo num canteiro central de uma avenida, por exemplo. Isso causa risco tanto para a segurança das pessoas como para a saúde do arbusto”, completou Anderson.

Horto Municipal

Todas as sementes plantadas pelo Município são germinadas no Horto Municipal. Recentemente, o espaço, situado na avenida Benjamim Magalhães, s/nº, bairro Tibery, aumentou sua capacidade produtiva em 20%. O objetivo é que nos próximos anos o local registre um salto de 100 para quase 200 mil mudas produzidas anualmente.

FONTE: SECOM PMU