Uberlândia

Missão África promove jantar beneficente para arrecadação de fundos

Dinheiro será investido na construção de nova Base de Atendimento em Moçambique

 

 A Missão África, desde sua criação em 2012, trabalha em parceria com várias instituições em Moçambique. A ONG foi criada a partir de uma viagem onde uma das fundadoras conheceu o país e viu a necessidade de ajudar aquelas pessoas.

Desde então, todos os anos a Organização promove jantares, bazares e outras tantas formas de arrecadação de doações que são encaminhadas, tanto para Moçambique, quanto para Uberlândia, onde a Ong também ajuda diversas pessoas.

De 2012 até hoje, o projeto Missão África já conseguiu, com recursos de doações, construir 4 Pré Escolas Comunitárias. Onde trabalha-se a alimentação e a educação de crianças de 4 e 5.

Além das escolas, o projeto mantêm financeiramente o Centro Nutricional Samora Machel, que atende 80 crianças de 0-2 anos diariamente e atua na capacitação de profissionais da saúde e educação pública de Beira: com realização de treinamentos e cursos ministrados por médicos e enfermeiros brasileiros que viajam com a Missão. 

O próximo passo é a construção de uma Base de Atendimento para melhor atender as pessoas. O Objetivo é concentrar, dentro da mesma estrutura física, ferramentas de promoção do desenvolvimento humano de forma a melhor gerir os recursos e impulsionar e multiplicar as ações.

Para isso, no dia 12 de dezembro às 19h, no restaurante Castelli Friends and Foods, A Missão África promoverá um jantar beneficente onde serão apresentados os projetos da ONG para os próximos anos.

 

Sobre Moçambique 

Moçambique, assim como a maioria dos países da África Subsaariana, apresenta vários problemas socioeconômicos. Conforme dados divulgados em 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país é o quinto menor do mundo: 0,284. A expectativa de vida dos habitantes é de apenas 42,2 anos; o analfabetismo atinge mais de 55% da população; a taxa de mortalidade infantil é de 86 óbitos a cada mil nascidos vivos.

Praticamente toda fonte de renda da população do país são provenientes da pesca (principalmente camarão), agricultura (cana-de-açúcar, algodão, mandioca, etc.), mineração (bauxita, ouro e pedras preciosas), extração de gás natural, exploração de madeira e do turismo. Isso faz com que o país seja considerado como um dos países mais pobres e menos desenvolvidos do mundo.  Segundo dados da UNICEF (2010), em 2008/2009, de 21,5 milhões de pessoas em Moçambique, 55% da população vivem abaixo da linha de pobreza com cerca de meio dólar americano por dia. Segundo dados dos indicadores de desenvolvimento mundiais de 2010, a expectativa de vida ao nascer é de aproximadamente 50 anos. A mortalidade de menores de cinco anos em Moçambique é a 16ª maior do mundo.

 

Serviço

O que: Jantar Beneficente Missão África. Acredite neste sonho!

Onde: Restaurante Castelli Friends and Foods

Quando: 12 de dezembro

Hora: 19h

Ingressos: missaoafrica.org.br

Fonte: Prelo Comunicação