Uberlândia

Campanha de vacinação antirrábica termina hoje (10) na zona rural

Mais de 12 mil cães e gatos foram imunizados até agora; ação na zona urbana começa na próxima semana

Os agentes do Programa de Controle da Raiva, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) encerram nesta sexta-feira (10) as visitas às propriedades rurais de Uberlândia para ministrar doses contra a raiva em cães e gatos. Aetapa rural da 34ª Campanha de Vacinação Antirrábica começou no dia 16 de agosto e já imunizou12.196 animais que vivem em fazendas ou distritos de Uberlândia.

Por ser uma doença letal aos animais e transmissível para o homem, a prevenção é fundamental. Com o término da etapa na zona rural, a coordenadora do Programa de Controle da Raiva, Lílian Vieira de Andrade, recomenda que os donos que não conseguiram vacinar os animais, devem procurar a o CCZ para garantir a imunização. “Quem perdeu a oportunidade de vacinar na zona rural, pode entrar em contato com o programa para ter acesso ao roteiro da etapa na zona urbana. É possível que haja um posto de vacinação a caminho de sua propriedade. Também disponibilizamos a dose no CCZ. A vacina é gratuita e previne contra uma doença perigosa”, reforçou.

Início da vacinação na zona urbana

Na zona urbana, os trabalhos acontecem dos dias 18 de agosto a 25 do mesmo mês. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é alcançar resultados semelhantes àqueles conquistados em 2017 pelo Município, quando 85.567 animais receberam doses na zona rural e urbana, somando 84,6% da cobertura vacinal.

 

Indicações

Devem receber a dose da vacina os cães e gatos com mais de três meses de vida. Já os animais que estiverem doentes ou no período de gestação e lactação não devem ser imunizados neste período.

A coordenadora do Programa de Controle da Raiva explicou ainda que, caso o animal esteja nestas condições no momento da campanha, basta o proprietário procurar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para aplicação da dose quando o animal estiver saudável ou após o desmame dos filhotes.

Trabalho permanente

O trabalho do Programa de Controle da Raiva é contínuo e tem 100% de acompanhamento. Permanentemente, são realizadas ações de orientação, bloqueio e monitoramento do vírus na zona urbana, além de imunizações em um posto permanente no CCZ – resultado que deixa Uberlândia há 30 anos sem registros da doença em cães e gatos.

 

Fique ligado!

 

Os cães e gatos infectados pelo vírus transmissor da raiva apresentam agressividade repentina, dificuldade em engolir alimentos e ingerir água, em alguns casos paralisia muscular, pois é causada por um vírus que compromete o Sistema Nervoso Central.

Por se tratar de uma doença que não tem cura, a morte do animal acontece, em média, de cinco até sete dias após as manifestações dos sintomas. A raiva é transmitida por meio das secreções dos animais contaminados.

Segundo a coordenadora, ao ser ferido por qualquer animal é importante que o cidadão busque ajuda médica. “Hoje, a referência no município é a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Martins, onde uma equipe faz a avaliação e toma as medidas necessárias de acordo com cada caso”, finalizou Lílian.

 

O quê? 34ª Campanha de Vacinação Antirrábica

Quando? Até 10 de agosto

Onde? Toda a zona rural de Uberlândia

Mais informações: (34)3213-1470 ou (34) 3213-8114

Secom PMU