Uberlândia

Campanha antirrábica na zona urbana entra na reta final

Programa disponibiliza mais de 200 pontos de vacinação para atender a comunidade; Sábado (25) é último dia para garantir a imunização de cães e gatos

Promovida pelo Programa de Controle da Raiva do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a etapa urbana da 34ª Campanha de Vacinação Antirrábica entra na reta final. Desde o dia 18, já foram vacinados mais de 40 mil animais de Uberlândia. A raiva não tem cura, é transmitida por contato com secreções dos animais contaminados e pode infectar os seres humanos.

Devem receber a vacina os cães e gatos com mais de três meses de vida. Já no caso de os animais doentes ou que estejam na fase de gestação e lactação, deve haver imunização neste período. A vacinação é gratuita e acontece até o próximo sábado (25). Para atender toda a população, o Programa de Controle da Raiva disponibiliza mais de 200 locais onde os animais podem ser imunizados.

A coordenadora do programa, Lilian Vieira de Andrade, reforçou que se trata de uma facilidade para que os proprietários garantam a proteção aos seus bichinhos. “Viabilizamos pontos fixos e volantes em locais estratégicos e de fácil acesso a todos, que funcionam das 8h às 16h. Queremos vacinar mais de 70 mil animais, pois estamos falando de uma doença que é letal para eles. O vírus da raiva circula na cidade e para continuar garantindo o controle da doença, que não tem registro em cães e gatos há mais de 30 anos, os proprietários devem aderir à campanha”, salientou, lembrando que o CCZ também realiza, permanentemente, ações de orientação, bloqueio e monitoramento do vírus na zona urbana.

Fique ligado!

Os cães e gatos infectados pelo vírus transmissor da raiva apresentam agressividade repentina, dificuldade em engolir alimentos e ingerir água e, em alguns casos, paralisia muscular, pois é causada por um microorganismo que compromete o Sistema Nervoso Central.

Por se tratar de uma doença que não tem cura, a morte do animal acontece, em média, de cinco até sete dias após as manifestações dos sintomas. A raiva é transmitida por contato com secreções dos animais contaminados.

Ao ser ferido por qualquer animal, é importante que o cidadão busque ajuda médica. Atualmente, a unidade de saúde de referência no município é a Unidade de Atendimento Integrado (Uai) do bairro Martins, onde uma equipe fará a avaliação e tomará as medidas necessárias de acordo com cada caso.

Imunize seu bichinho!

– O quê? 34ª Campanha de Vacinação Antirrábica
– Quando? Até 25 de agosto

– Mais informações: (34) 3213-1470 ou (34) 3218-8114

*Confira os pontos de vacinação aqui!

Secom PMU