Serviços

Pioneiro em Minas, projeto Guardiões do Coração capacita primeiros estudantes em atendimentos de parada cardiorrespiratória

Em parceria com o Corpo de Bombeiros, Siate e Faepu, projeto busca qualificar alunos da Rede Municipal de Ensino, por meio de treinamento e simulação, em atendimentos de urgência

A Prefeitura de Uberlândia, em parceria com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) e a Fundação Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu), realizou, nesta terça-feira (21), a primeira edição do projeto “Guardiões do Coração”. A iniciativa é pioneira em Minas Gerais neste formato e tem o objetivo de ensinar os jovens, de 12 a 15 anos, das escolas da rede municipal, os primeiros passos em um socorro de urgência, como a técnica de Reanimação Cardiorrespiratória (RCP) básica.

Nesta primeira edição, cerca de 200 adolescentes de escolas da Rede Municipal de Ensino participaram da capacitação, que ocorreu no ginásio da Arena Sabiazinho. Os alunos foram distribuídos em grupos para simular a prática de Reanimação Cardiorrespiratória (RCP) básica, incluindo compressões torácicas.

Estudante do 8º ano da Escola Municipal Professora Olga del Fávero, Samira Kethelen disse que se surpreendeu ao saber que uma manobra fácil pode salvar uma vida. “Sabendo a posição e o local certo de fazer a compressão, não é algo difícil de fazer. Espero que outros adolescentes tenham a oportunidade de conhecer a técnica para ajudar em uma situação de emergência”.

Toda a simulação ocorreu em bonecos e com a presença de profissionais capacitados. Ao final do evento, os adolescentes participantes tiveram uma formatura simbólica, com o recebimento de um botton por serem “Guardiões do Coração”.

“Diante de uma situação de urgência em que uma pessoa corre risco de vida, muitas pessoas não sabem quais atitudes tomar até a chegada do apoio especializado. Saber identificar e compreender o caminho de um salvamento é essencial. Esperamos que em breve todos os nossos alunos estejam conscientes e capacitados”, destacou a secretária de Educação, Tânia Toledo.

Foto: Araípedes Luz/ Secretaria de Governo e Comunicação

Secom – PMU