Serviços

Cemig reforça medidas de segurança para o Carnaval 2024

Ações preventivas realizadas pela companhia foram apresentadas a representantes de blocos de Belo Horizonte

A Cemig é a maior incentivadora da cultura no estado e apoia diversas iniciativas que farão parte do Carnaval 2024, e a segurança com energia elétrica é tema fundamental para que os foliões possam aproveitar a festa sem acidentes. Dessa forma, a companhia esteve presente no workshop “Prevenção e Medidas de Segurança – Blocos de Rua”, realizado pela Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), na última terça-feira (23), em Belo Horizonte. Na ocasião, a Cemig apresentou as ações preventivas realizadas, bem como as principais orientações de segurança com relação à rede elétrica durante o Carnaval de rua deste ano.

Além de representantes da empresa, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, o evento reuniu membros dos maiores blocos da capital para debater a questão da segurança durante todos os dias de festa, desde os eventos pré-Carnaval até os que serão realizados após o feriado.

O engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Francis Nascimento, representou a companhia durante o encontro. Segundo o especialista, a meta da empresa é “zero acidente”. Ele explica que, dos cerca de 580 desfiles cadastrados, mais de 460 tiveram seus trajetos aprovados pela Cemig, que é responsável pelo aval da segurança com relação à rede elétrica nos caminhos propostos pelos blocos. “Outras solicitações seguem em análise, para que possam obter as respectivas aprovações junto à companhia, que é responsável pela inspeção dos trajetos”, comenta.

Critérios para aprovação

Na análise dos trajetos dos trios, a Cemig observa itens básicos de segurança da população, como especificações do cabeamento, cuidados com fios partidos, necessidade de poda de árvores e a condição dos postes do trecho em questão, entre outros cuidados essenciais.

Vale destacar que é proibido o contato dos trios com qualquer componente, cabos – sejam da Cemig ou de uso mútuo – ou equipamentos da rede de Distribuição. “A companhia verifica a altura dos cabos com base nas medidas dos trios, bem como a altura dos cabos de uso mútuo, ou seja, fios de responsabilidade das empresas de telecomunicações”, explica Francis.

“A Cemig também inspeciona os circuitos por onde os blocos solicitam passar, visando a Identificação de possíveis situações de risco envolvendo tanto a rede de Distribuição Aérea quanto a Subterrânea”, completa o engenheiro.

Orientações para curtir o carnaval com segurança

Não lance serpentinas na rede elétrica, especialmente as metálicas.
Evite tirar fotos com “pau de selfie” em cima de trios elétricos, camarotes e carros de som. A aproximação com a rede elétrica pode ser fatal.
Não coloque enfeites em postes nem na fiação elétrica.
Não suba em postes, árvores ou marquises que fiquem perto da rede elétrica.
Não jogue jatos d’água na fiação elétrica. Água é bom condutor de energia e provoca curto-circuito.
Não solte fogos de artifício perto da rede elétrica.
Nunca faça ligação direta na rede elétrica, o popular “gato”. Essa prática é crime e coloca a sua vida e a de outras pessoas em risco.
Em caso de fio partido, mantenha distância e acione imediatamente a Cemig através do telefone 116.

Em caso de acidente envolvendo a rede elétrica, a população também pode acionar o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193, e o da PM, 190.

Carnaval da Liberdade

O Carnaval da Liberdade Cemig 2024 contempla investimentos de R$ 8,9 milhões em 33 projetos, distribuídos em 15 cidades. Os municípios contemplados são Belo Horizonte, Contagem, Diamantina, Divinópolis, Itapecerica, Itaúna, Juiz de Fora, Ponte Nova, Paracatu, Sabará, Teixeiras, Tiradentes, Tiros, Três Pontas e Uberlândia.

A seleção de contemplados foi feita a partir de edital aberto pela Cemig, que contou com a inscrição de 288 projetos. Em Belo Horizonte, a companhia patrocina 11 blocos de rua, que devem atrair cerca de 1,5 milhão de foliões.

Cemig Imprensa Triângulo