Segurança pública

PCMG conclui inquérito e indicia suspeitos de racismo contra vereadora

Nesta quarta-feira (5/7), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito que apurou crime de racismo cometido contra uma vereadora da cidade de Itaúna, na região Centro-Oeste do estado. Dois homens, de 44 e 48 anos, foram indiciados pelo crime.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Leonardo Moreira Pio, os atos discriminatórios foram cometidos por meio de grupos de trocas de mensagens instantâneas, nos quais os suspeitos não apenas ofenderam a parlamentar, mas também proferiram ofensas contra pessoas que compartilham da mesma cor de pele.

“Os indiciados responderão pelo crime previsto no artigo 2º da Lei 7716, que trata de condutas discriminatórias e preconceituosas. A PCMG reforça o compromisso em combater crimes de ódio e ressalta que tais práticas são inaceitáveis e serão devidamente punidas”, finalizou.

Fonte: ASCOM-PCMG