Segurança pública

Patos de Minas: PCMG indicia mais quatro suspeitos de homicídio

Nesta sexta-feira (3/5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu a última parte do inquérito policial que apura a participação de diversas pessoas em um homicídio ocorrido em 26 de fevereiro do último ano, na cidade de Patos de Minas, região do Alto Paranaíba. Ao todo, 11 pessoas foram indiciadas pelo crime, além de dois adolescentes identificados.
O crime

A vítima do assassinato foi abordada por integrantes de uma facção criminosa, que, após um ato de “justiçamento” com a participação de menores de idade, a sequestraram, colocaram-na em um veículo e a levaram para uma área rural em Patos de Minas, onde a executaram com um disparo de arma de fogo contra a cabeça dela. Em seguida, o grupo ocultou o corpo no mesmo local.

Várias pessoas já tinham sido responsabilizadas em inquéritos desmembrados, e hoje, outras quatro foram indiciados pelos delitos previstos no Artigo 121, parágrafo 2º inciso I, III e IV do Código Penal, na forma do artigo 29 do mesmo código. Além disso, foram indiciados pelo artigo 148, parágrafo 2° do Código Penal, também na forma do artigo 29 do mesmo diploma legal, e pelo artigo 244 -B do Estatuto da Criança e Adolescente.

Atos infracionais

A PCMG também finalizou um procedimento em apartado para apurar a ação de menores na ação criminosa. Foram verificados indícios de que pelo menos dois adolescentes participaram do homicídio. Tanto o inquérito policial quanto o procedimento contra os menores foram encaminhados para a análise do Ministério Público e do Poder Judiciário.

ASCOM-PCMG