Segurança pública

Funcionária de empresa de transportes é presa por furto qualificado

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante a auxiliar financeira de uma empresa de transportes de Belo Horizonte, de 29 anos, suspeita de envolvimento no crime de furto qualificado mediante fraude e abuso de confiança. A ação, coordenada pela 1ª Delegacia Especializada de Investigação de Fraudes, foi realizada na última semana.

Conforme apurado, há cerca de quatro anos, a suspeita vinha realizando desvios de valores da empresa para a sua conta bancária. Estima-se que a investigada tenha desviado cerca de R$500 mil.

A suspeita foi flagrada no momento em que realizava uma transferência não autorizada, no valor de R$ 3.420, proveniente da conta da empresa para sua própria conta bancária. As testemunhas e a vítima confirmaram o ocorrido. O comprovante de transação bancária corroborou as evidências levantadas.

Modo de agir

Durante depoimento, a mulher admitiu o crime, revelando ainda adulterava informações no software financeiro da empresa para evitar que a ação fosse percebida. Ela cadastrava as transações com o título “retirada para sócios”, alterando apenas a data, conforme evidenciado nos documentos relacionados ao caso.

Fonte: ASCOM-PCMG