Segurança pública

Ex-vereador de Novo Cruzeiro denunciado pelo MPMG por tráfico de drogas é preso nos EUA

Prisão de um dos indivíduos mais procurados do estado decorre de investigações conjuntas realizadas pelo MPMG, PMMG e Interpol

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) obteve, nessa quarta-feira, 1º de maio, a prisão de Valdeci Passos Soares, ex-vereador de Novo Cruzeiro, município que fica no Vale do Jequitinhonha. Ele foi denunciado, em 2021, por tráfico de drogas e estava foragido. O homem foi detido, nos Estados Unidos, por agentes do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.

Valdeci foi denunciado pela Promotoria de Justiça de Novo Cruzeiro por manter, em casa, em depósito, mais de 1kg de maconha, bem como munição e um carregador de pistola calibre 9mm. O material foi apreendido, em 27 de agosto de 2021, durante ação para cumprimento de mandado de busca e apreensão pela PMMG. Na ocasião, o vereador fugiu do local e, posteriormente, da cidade, acompanhado da esposa, então funcionária da prefeitura local, e de seus quatro filhos.

Inicialmente, ações de inteligência identificaram que a família esteve em Sorocaba, no estado de São Paulo. Depois, Valdeci viajou para os EUA somente com a esposa e o filho menor, deixando os demais na cidade paulista.

Segundo apurado, o homem, também conhecido como “Calango”, era um dos líderes do narcotráfico na região. Ele, inclusive, conforme as investigações, utilizava-se de veículos oficiais para a prática criminosa.

Atuação conjunta

Em razão da fuga, a Promotoria de Justiça de Novo Cruzeiro requereu a prisão preventiva de Valdeci. Também solicitou o apoio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais, de Execução Penal, do Tribunal do Júri e da Auditoria Militar (Caocrim) do MPMG, com a inclusão do alvo no programa MPMG Busca, iniciativa que tem o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão em aberto.

Além da divulgação no programa, o Caocrim compartilhou dados e solicitou o apoio da inteligência da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) para a efetivação da prisão. Houve ainda a divulgação do mandado na Lista de Difusão Vermelha da Interpol.

O alvo foi identificado pela PMMG residindo nos EUA, na cidade de Sacramento, na Califórnia. Após nova fuga, ele foi preso, em situação de ilegalidade, na cidade de Sandy, em Utah, pelo Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (Homeland Security).

Segundo o Caocrim, a prisão de alvo prioritário incluído no MP Busca é fruto da atuação conjunta da Diretoria de Inteligência da PMMG, com apoio do MPMG, Polícia Federal, Interpol e Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (Homeland Security).

A deportação poderá ser realizada pelas autoridades americanas.

Canal de denúncias

Qualquer cidadão que tem informações sobre a localização de procurados pode denunciar à Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais pelos telefones 127 e (31) 3330-9504 ou ainda por meio do portal da instituição. A denúncia é sigilosa.

Ministério Público de Minas Gerais