Segurança pública

Em atuação conjunta dos Ministérios Públicos de Minas Gerais e São Paulo, foragido condenado por duplo homicídio é preso em Limeira

Foi preso nesse domingo, 3 de setembro, em Limeira, interior paulista, o empresário do ramo de educação Jose De Jesus Rizzo, condenado a 37 anos e quatro meses de reclusão pelo assassinato de duas pessoas na comarca de Nova Ponte, no Triângulo Mineiro, no ano de 2002. A condenação de Rizzo ocorreu em júri realizado no ano de 2018.

Em 3 de agosto deste ano, a Vara Única da Comarca de Nova Ponte, atendendo a pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), decretou a prisão preventiva do empresário, que estava foragido.

Para cumprimento da ordem, a Promotoria de Justiça de Nova Ponte solicitou apoio ao Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais, de Execução Penal, do Tribunal do Júri e da Auditoria Militar do MPMG (Caocrim), que levantou informações indicando a presença do condenado no estado de São Paulo.

Foram então estabelecidos contatos com o Caocrim (MPSP) e com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Piracicaba/SP. Após um mês de diligências, investigações e troca de informações, policiais do Gaeco conseguiram localizar e prender José Rizzo na cidade de Limeira.

Cooperação interinstitucional

Em outubro de 2021, os Ministérios Públicos de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo assinaram um termo de cooperação visando à atuação estratégica de interesse comum, especialmente na área de combate à criminalidade e fortalecimento da segurança pública, o que tem permitido o intercâmbio de informações estratégicas e o desenvolvimento de operações conjuntas.

Denúncias

Tem informações sobre a localização dos procurados? Denuncie à Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais pelos telefones 127 e (31) 3330-9504 ou ainda pela página da Ouvidoria no portal do MPMG. A denúncia é sigilosa.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais