Segurança pública

Alô Uberlândia – 16/05/24

Por Cássia Bomfim

Forças de segurança de Minas promovem ação de conscientização contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Para reprimir e evitar o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes, as forças de segurança de Minas Gerais e instituições parceiras se uniram na Operação Caminhos Seguros, deflagrada em todo o estado desde o dia 2/5. Nesta quinta-feira (16), na região da rua Guaicurus, no Centro de Belo Horizonte, foi realizado o denominado dia D das atividades. Na ação, representantes de todas as instituições formaram equipes integradas, para conscientizar a população sobre o combate à exploração sexual infantil e incentivar denúncias por meio do Disque Denúncia Unificado 181 (DDU) e o Disque 100 (Direitos Humanos). A Operação Caminhos Seguros se estende até o dia 20 (segunda-feira), e é uma operação integrada nacional de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Proposta pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, a operação prevê o desenvolvimento de ações policiais, preventivas e repressivas, em todo o país, concentrando esforços integrados e/ou coordenados das forças de segurança e demais órgãos, para o desenvolvimento de ações de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Em Minas, a operação é coordenada pela Superintendência de Integração e Planejamento Operacional (Sipo), da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), e, além das forças de segurança – Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar –, também conta com ações do Ministério Público e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. Na ação desta quinta-feira, foi realizada distribuição de panfletos e fixação de cartazes com informações sobre a temática.

Imagem meramente ilustrativa