Segurança pública

Alô Uberlândia – 06/05/24

Por Cássia Bomfim

Mulher é encontrada morta dentro de casa
Início da tarde deste domingo (05), os militares do Centro de Operações (Copom) da 9ª Região da Polícia Militar (Risp-PMMG) recebeu uma chamada onde a pessoa informou que na casa dos fundos, da residência onde mora, alguma coisa havia acontecido. De acordo com a denúncia, no imóvel mora uma mulher, porém já completava três dias que não ouvia nenhuma movimentação. O que despertou a preocupação da solicitante foi que a residência estava toda aberta e com aparelhos eletrônicos ligados. Imediatamente uma equipe da PM foi para o local do fato. Ao chegar na casa, ainda do lado de fora, os policiais notaram que exalava um odor muito forte. No local havia apenas o portão de grade na entrada da residência que estava trancado com um cadeado. Diante da situação emergente, os militares entraram e no quarto, foi encontrada a vítima e grande quantidade de sangue, já seco e sinais de que houve agressão. Diante das circunstâncias, o local foi isolado e a Perícia acionada, juntamente com o serviço funerário. Após os trabalhos técnicos, foi constatado no corpo da mulher nove sinais de perfuração, provenientes de instrumento perfuro cortante (faca, tesoura, etc). Após a o trabalho pericial, os agentes funerários recolheram o corpo e encaminharam para o Instituto Médico Legal (IML). No local, os militares não encontram nenhum objeto e/ou arma, possivelmente utilizado na prática do crime. A equipe que atendou a ocorrência conversou com várias testemunhas e foram relatados fatos como grande fluxo de pessoas na referida casa, entrando e saindo. Em virtude do lapso temporal grande, não foi possível identificar, inicialmente, o autor, porém as guarnições ainda continuam no rastreamento do possível autor ou autores do homicídio e motivação do mesmo. Quaisquer informações que possam ajudar na elucidação do crime, podem ser repassadas, anonimamente, para os números 190 ou 181.

Imagem meramente ilustrativa