Segurança pública

Ação da PCMG resulta na apreensão de quase 1,5 tonelada de maconha

Em ação de combate aos crimes de furto, roubo e adulteração de veículos, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu, ontem (8/5), cerca de 1,5 tonelada de maconha. A droga estava no interior de um veículo adulterado, abordado pelos policiais quando passava pelo município de Itaúna, no Centro-Oeste do estado.
No curso dos trabalhos policiais, o motorista do automóvel, um homem de 38 anos, morador de Contagem, foi preso em flagrante por tráfico de drogas, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Abordagem planejada

A ação foi desencadeada após a equipe da Divisão Especializada em Prevenção e Investigação a Furto e Roubo de Veículos Automotores (DEPIFVRA), do Departamento Estadual de Investigação de Crimes de Trânsito (Deictran), apurar que um veículo tipo van, possivelmente adulterado, estaria sendo utilizado para realizar o transporte de materiais ilícitos, tais como armas de fogo e entorpecentes. Ainda segundo levantamentos, o automóvel teria saído do estado do Paraná em direção a Belo Horizonte.

Com base nessa informação, policiais se posicionaram estrategicamente na área de pedágio da estrada de Itaúna, quando por volta das 3h da madrugada o veículo suspeito foi avistado e abordado. Dentro dele foram localizados os tabletes de maconha.

Durante monitoramento no local, os policiais verificaram que um outro carro estaria exercendo a função de “batedor” do veículo onde estavam as drogas, porém, conseguiu fugir da abordagem.

Por meio de vistoria veicular, constatou-se que o carro apreendido apresentava placas falsas, além de numerações de chassi e vidros adulteradas, tratando-se de um veículo roubado no dia 4 de abril deste ano, em Contagem.

ASCOM-PCMG