Segurança pública

A Polícia Civil de Uberlândia, informa que na manhã de hoje o esquadrão antibombas da Polícia Federal detonou um artefato que havia sido apreendido no interior de um carro

A Polícia Civil de Uberlândia informa que na manhã de hoje, quinta-feira, dia 5, por volta das 11h, o esquadrão antibombas da Polícia Federal detonou um artefato que havia sido apreendido no dia 27 de junho, no interior de um carro Renaut, envolvido numa ocorrência de acidente de trânsito, na Avenida Rondon Pacheco, no bairro Alto Tibery. O artefato foi detonado num terreno baldio nos fundos da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, no bairro Tubalina.

O acidente envolveu um capotamento do veículo, que acabou por abalroar-se com uma caminhonete. Numa averiguação feita pelo Corpo de Bombeiros no interior do carro, foi localizada uma sacola com o artefato. O motorista, com sinais de embriaguez, foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Plantão. Na quinta-feira, dia 28, o Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD), foi encaminhado para a 91ª Aisp/1ª Delegacia de Polícia Civil com o material.

Segundo a Polícia Civil, assim que recebeu o expediente, o delegado chefe da repartição, ao constatar que se tratava de um artefato explosivo seguiu todos os procedimentos de segurança e acionou o esquadrão antibombas da PF. Na manhã de hoje a equipe esteve na delegacia, recolheu o material e efetuou a detonação. A Polícia Federal concluirá o laudo de eficiência do artefato. O documento é que apontará qual era o tipo do material e seu grau de explosão.

O procedimento de detonação do artefato seguiu todos os procedimentos. A Coordenadoria de Recursos Especiais do 9º Departamento de Polícia Civil foi acionada para prestar apoio ao esquadrão antibomba, o qual isolou a área e evacuou o ambiente, visando a segurança dos servidores da repartição e usuários. O artefato compreende uma emulsão encartuchada, a qual estava escorvada (espoletada) conforme explicação da equipe da Polícia Federal, compreendendo um Perito e um Agente. O artefato foi detonado pela equipe da PF num terreno baldio adjacente à Delegacia Regional. O perímetro externo da delegacia também foi isolado com o apoio do Corpo de Bombeiros. Após a detonação, o expediente na repartição foi retomado.

Assessoria