Região

Uberaba receberá etapa estadual do Jemg 2023

Pelo segundo ano consecutivo, cidade do Triângulo Mineiro reunirá cerca de 4 mil estudantes-atletas, entre os dias 1 e 6/8

O Governo de Minas anunciou, nessa quarta-feira (21/6), a cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, como sede da etapa estadual dos Jogos Escolares de Minas Gerais 2023 (Jemg). Entre os dias 1 e 6/8, a cidade irá receber cerca 4 mil estudantes-atletas de 12 a 17 anos de escolas públicas e particulares do estado.

Pelo segundo ano seguido, Uberaba receberá a etapa estadual do Jemg. A infraestrutura de hotelaria, escolas, quadras, ginásios e logística adequada à realização dos jogos foram fundamentais para a escolha da cidade como sede dos jogos organizados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e que conta com a execução técnica da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg).

“A cidade de Uberaba foi selecionada como cidade-sede, via processo de seleção. Esse projeto abrange vários itens que o município tem que dispor para sediar, entre eles, os espaços esportivos e espaços de alojamento. Os itens são analisados para selecionar a cidade, e Uberaba compreendeu todos eles”, explica a diretora de Incentivo ao Desporto Educacional da Sedese, Fernanda Alves Batista.

Durante os dias do evento, serão disputadas 17 modalidades: atletismo, badminton, basquetebol, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, luta olímpica, natação, taekwondo, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez.

A etapa estadual do Jemg compreende a fase final da competição e os vencedores vão representar Minas Gerais nos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s), nos Jogos da Juventude (organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil) e nas Paralimpíadas Escolares (organizadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro).

“O Jemg é um momento de oportunidade para o fomento esportivo, a detecção de novos talentos, o intercâmbio esportivo, a formação desse vínculo entre o estudante-atleta, sua escola e o esporte. Então, essa é uma ferramenta importante para o desporto educacional em Minas Gerais”, completa Fernanda Batista.

Crédito (foto): Tiago Souza

Fonte: SEC.GERAL Superintendência de Imprensa