Esportes

Prefeitura promove Festival Interno de Atletismo Olímpico e Paralímpico com participação de 220 alunos

Evento realizado no Sesi Gravatás teve provas de velocidade, arremesso de peso, lançamento de dardo e lançamento de disco

A Prefeitura de Uberlândia, por meio da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), realizou, neste sábado (6), o Festival Interno de Atletismo Olímpico e Paralímpico 2024. O evento aconteceu no Sesi Gravatás (espaço que integra o Sistema Fiemg e que está sob responsabilidade da Futel) e contou com participação de 220 alunos da iniciação esportiva e atletas do alto rendimento da Futel e das equipes formadas em parceria com o Praia Clube, Exército, Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (Aparu) e Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU).

Com o objetivo de fomentar a modalidade e apresentar à população um pouco do trabalho desenvolvido pela Futel no atletismo olímpico e paralímpico, o festival teve provas de velocidade, arremesso de peso, lançamento de dardo e lançamento de disco, com entrega de medalhas a todos os participantes.

“Foi um evento muito bom porque reuniu crianças e adolescentes que estão iniciando no atletismo com atletas e paratletas de nível de competição. Uberlândia é uma referência nacional e internacional no paradesporto, tanto que já temos o Rodrigo Parreira com vaga garantida nos Jogos Paralímpicos de Paris. Tivemos, recentemente, na Turquia, o Pedro Martins, que conquistou três medalhas no Mundial de Atletismo para Síndrome de Down. No atletismo olímpico, o Marco Túlio Silva é destaque. Ele fechou o ano passado como primeiro colocado no ranking nacional sub-20 nas provas de 800m e 1500m rasos. Tudo isso tem sido possível, principalmente, pelo trabalho que a Prefeitura de Uberlândia desenvolve juntamente com os parceiros”, disse a diretora de paradesporto da Futel, Fernanda Costa.

Atletismo olímpico e paralímpico

Atualmente, a Futel tem capacidade para atender até 310 crianças e adolescentes de 6 a 18 anos no atletismo olímpico, sendo 270 na iniciação esportiva e 40 no alto rendimento (equipe Futel/Praia Clube/Exército). As aulas e treinos são oferecidos no Sesi Gravatás e no CIE.

Já no atletismo paralímpico, são 100 paratletas da Futel/Aparu/Praia Clube e da Futel/CDDU/Praia Clube, com treinos realizados no Sesi Gravatás. Ambas as equipes, inclusive, estão entre as principais do país na modalidade, com importantes conquistas nacionais e internacionais.

Secom-PMU