Direitos: Pessoas com Deficiências e outros

Prefeitura promove 1º Seminário de Inclusão e Trabalho da Pessoa com Deficiência

Inscrições estão abertas e podem ser feitas pela internet; evento gratuito ocorre nesta sexta-feira (10) com palestras, cadastro e encaminhamento profissional e rodas de conversa no Centro Administrativo Municipal

Com ênfase nas oportunidades de atuação profissional e inovação em acessibilidade, a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Escola de Governo e em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Compod), realiza nesta sexta-feira (10) a primeira edição do Seminário de Inclusão e Trabalho da Pessoa com Deficiência. O evento ocorre a partir das 8h, no Auditório Cícero Diniz. Ao todo, são 190 vagas. As inscrições são gratuitas e feitas via formulário online. (Inscreva-se aqui)

A programação, que vai possibilitar a interação entre pessoas com diferentes tipos de deficiência e estreitar os contatos com instituições, empresas e órgãos públicos, propõe a compreensão sobre a lei federal 12.711/2012, conhecida como “Lei de Cotas”, o direito e novas perspectivas desse público no mercado de trabalho. Roda de conversas, disponibilização de vagas de emprego (com cadastro e encaminhamento profissional), estande da Defensoria Pública para orientações e o lançamento do curso de formação profissional em Empreendedorismo e Inovação estão entre os destaques.

Na abertura, às 8h30, o evento terá mesa-redonda com o procurador-geral do trabalho, vinculado ao Ministério Público do Trabalho em Uberlândia, Paulo Veloso, o coordenador estadual de promoção e defesa da pessoa idosa e da pessoa com deficiência, o defensor público Luis Renato Braga Arêas Pinheiro, a presidente da Fundação Salvar do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, a major Adriana Rodrigues de Souza, e a coordenadora do Projeto de Inclusão de Pessoas com Deficiência e Reabilitadas no Mercado de Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais, a auditora do Ministério do Trabalho Patrícia Siqueira. O tema do bate-papo será “A Lei de Cotas – As Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho”.

A seguir, haverá a palestra “A Promoção da Empregabilidade e a Diversidade e Inclusão das Pessoas com Deficiência no Mundo do Trabalho”, ministrada pelo educador e coordenador nacional interino do programa de inclusão profissional das pessoas com deficiência visual Ágora Brasil, ligado à Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB). Ainda participarão do tema em discussão a assessora de desenvolvimento profissional na área de empregabilidade da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo Fábia Mistreta e o advogado da entidade Marcelo Panico.

Confira o cronograma do seminário:

8h: Credenciamento
8h30: Abertura oficial e formação da mesa de abertura
9h: Mesa-redonda “A Lei de Cotas – As Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho”

  • Paulo Veloso- Procurador-geral do Trabalho
  • Luis Renato Braga Arêas Pinheiro – Defensor público do Estado de Minas Gerais, assessor institucional da Defensoria Pública-Geral, coordenador estadual de Promoção e Defesa da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência da Defensoria Pública e Coordenador Geral da Rede de Proteção da Pessoa com Deficiência das Instituições do Sistema de Justiça, especialista em Direito Penal e em Transtorno do Espectro Autista do Centro Universitário Celso Lisboa
  • Major Adriana Rodrigues de Souza- Diretora-presidente da Fundação Salvar do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais
  • Patrícia Siqueira – Auditora fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego, coordenadora do Projeto de Inclusão de Pessoas com Deficiência e Reabilitadas no Mercado de Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais.

10h30: Palestra “A Promoção da Empregabilidade e a Diversidade e Inclusão das Pessoas com Deficiência no Mundo do Trabalho”

  • Palestrante: Marcus Aurélio de Carvalho – Educador e coordenador nacional interino do Programa Ágora Brasil, resultado de parceria entre a Fundação Once para solidariedade com pessoas cegas na América Latina (Foal) e outras entidades, incluindo a Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB)
  • Fábia Mistreta – Assessora de desenvolvimento profissional na área de empregabilidade na Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo
  • Marcelo Panico – Advogado na Fundação Dorina Nowill para Cegos, atuação no direito civil, consumerista e trabalhista, com orientação e mobilidade com Cão-guia Rudy

11h45: lançamento de curso e roda de conversa com relatos de sucesso e experiência profissional
12h30: Encerramento

Participe!

O quê: 1º Seminário de Inclusão e Trabalho da Pessoa com Deficiência
Quando: sexta-feira (10), às 8h
Local: Auditório Cícero Diniz – Centro Administrativo

Fonte: Secom PMU