Brasil

Onda de calor: Defesa Civil Nacional alerta para medidas preventivas que a população deve tomar

Inmet emitiu alerta vermelho até domingo (24). São esperadas temperaturas acima de 40°C em localidades do Norte, Centro-Oeste e interior de São Paulo

Brasília (DF) – Uma onda de calor vai atingir, até domingo (24), localidades dos estados de Mato Grosso, Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Em algumas cidades, as temperaturas máximas devem superar os 40°C. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou aviso meteorológico especial de nível vermelho (grande perigo). Saiba mais aqui.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nesse período de temperaturas altas, há maior probabilidade de incêndios na vegetação, principalmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, que ainda registram baixa umidade do ar.

O diretor do Centro Nacional de Gestão de Riscos e Desastres (Cenad), Armin Braun, destaca que a população precisa estar atenta às medidas de autoproteção. Em caso de emergência, é recomendado entrar em contato com a Defesa Civil pelo número 199 ou com o Corpo de Bombeiros pelo 190.

Veja abaixo as recomendações para autoproteção:

Em caso de problemas respiratórios, procure um posto médico. Se avistar incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros (193), a Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190). Acompanhe as informações oficiais, por meio de sites, carros de som, rádio, SMS, entre outros, emitidos pela Defesa Civil ou outras autoridades de sua cidade.

Onda de calor

Segundo a Classificação e Codificação Brasileira de Desastres (Cobrade), a onda de calor é caracterizada por um período prolongado de tempo excessivamente quente e desconfortável, no qual as temperaturas ficam acima de um valor normal esperado para uma região em determinado período do ano. Geralmente é adotado um período mínimo de três dias com temperaturas 5°C acima dos valores máximos médios.

Fonte: Assessoria de Imprensa