Artigos

Samu Triângulo Norte é lançado oficialmente

Na manhã de hoje, dia 26, acontece o lançamento oficial do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), conforme divulgado pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência (Cistri). O evento acontece a partir das 8 horas, na sede da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), na qual funciona a central de Regulação Médica do Samu.

Entre os presentes estão o secretário Estadual de Saúde, Nalton Sebastião Moreira; o subsecretário de Assuntos Municipais, Marco Antônio Leite; os prefeitos e secretários municipais dos municípios consorciados.

Para a ocasião também são convidados todos os convocados do Processo Seletivo nº 001/2015, tendo em vista que haverá um treinamento dos condutores socorristas juntamente com o Corpo de Bombeiros. Ocorrerá também reuniões com as coordenações de cada categoria para alinhamento do início das atividades.

O SAMU começa a funcionar oficialmente no dia 3 de julho, conforme declarado pelo secretário Nalton Moreira, em visita realizada na semana passada na sede em Araguari. O secretário, juntamente com a comitiva do Governo de Minas Gerais, esteve presente na região do Triângulo Norte para avaliar a estrutura das cidades parceiras.

A população atendida pelo serviço será de mais de 612 mil habitantes. As 26 cidades consorciadas são: Araguari, Santa Vitória, Gurinhatã, Ipiaçu, Campina Verde, Prata, Ituiutaba, Capinópolis, Cachoeira Dourada, Araporã, Centralina, Canápolis, Monte Alegre de Minas, Tupaciguara, Indianópolis, Estrela do Sul, Cascalho Rico, Grupiara, Abadia dos Dourados, Douradoquara, Coromandel, Monte Carmelo, Romaria, Iraí de Minas, Nova Ponte e Patrocínio.

Araguari está entre os municípios polos da região que irão atender à média complexidade, juntamente com Ituiutaba, Patrocínio e Monte Carmelo.A cidade de Uberlândia não está entre os municípios consorciados, mas nela está localizada a sede da Regulação Médica do Samu; além disso, o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) passará a receber pacientes de alta complexidade.

Segundo informações divulgadas pelas Secretaria de Estado de Saúde (SEE-MG), ao total, serão 183 pontos de atendimento da Rede de Urgência e Emergência constituído por um hospital de alta complexidade; 19 hospitais de média complexidade, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA); 17 unidades de saúde (pronto socorro, centro de saúde e pronto atendimento); 12 unidades de saúde mental e 134 Unidades Básicas de Saúde.

Fonte: Site Gazeta Triangulo