Artigos

INCONDICIONAL

O que temos pra enfrentar daqui pra frente, o que tem acontecido com as pessoas? Me preocupa. Que forma de amor que é praticada pelos desumanos seres vivos? Ha muito que se houve falar em tragédias provocadas por pessoas insanas em nome da honra, do amor, mas não com tanta frequência como vem acontecendo na atualidade. Estamos com medo, não temos mais a segurança e a garantia de estarmos voltando pra casa num retorno de um passeio, do trabalho, da esperança de ser feliz. A sociedade parece contaminada por um vírus da morte que está resistente a qualquer tipo de defesa, tudo parece irremediável, incurável. Não se tem mais uma idade definida para caracterizar um assassino, ele tem acontecido cada vez mais cedo. Esperar o quê de quem? Como diagnosticar? Não será tudo fruto da ganância humana? Sim, entendo que sim, enfrentamos problemas como corrupção, capitalismos selvagem, falta de governabilidade, salários baixos, riqueza retida nas mãos da minoria, donos de monopólios, em muitos casos adquiridos de forma ilícita. As igrejas, instituições que deveriam, pela proposta própria de suas existências, amparando isso tudo, mas hoje se tornaram grandes instituições comerciais, que como antigamente vendem indulto, não só pra o céu, mas também pela cura dos incuráveis. Hoje se vende de tudo, colchões milagrosos, cremes pra rejuvenescimento. São livros milagrosos, óleos, águas bentas, curas a altos custos e seres humanos comuns fazendo deficientes físicos andarem. O assunto é tão sério, que tem instituições criando seus próprios remédios e concorrendo com as industrias farmacêuticas e o problema da saúde brasileira se alastrando. Mas está livre a propaganda enganosa. São as instituições religiosas assumindo a comunicação, comprando as grandes empresas de televisão. Será a falta de um Deus que está tornando as pessoas tão incompreensivas? A impunidade deve ter influência nisso. Com certeza, convivemos com a fragilidade do não confiável e arcaico sistema judiciário, onde também foi assolado pela corrupção, a ganância, o favorecimento. O mais assustador disso tudo é a quantidade de feminicídios que estão acontecendo no pais. Alguma coisa tem que ser feito, estamos uma enfrentando uma verdadeira tragédia e preocupa. Qual a garantia terão nossas mulheres, filhas, netas, nosso povo. Com certeza os céus estão derramando lágrimas de sangue por isso. Não podemos mais compactuar com o descaso nas autoridades brasileiras, temos que mudar a cara desse país. Nosso povo tem que se unir, reunir nesse propósito, se possível pararem como fizeram para a copa do mundo. Deixarem de chorarem pela perda de um título de futebol e chorar a perda das mães de famílias que estão se perdendo pela violência. Temos que nos conscientizar, assumirmos nosso papel de humanos. Sinceramente, é vergonhoso, é trágico é inaceitável.

Texto de Jose Airton de Oliveira