Agenda Cultural

Carlinhos Santos é crítico confirmado do Festival de Dança do Triângulo

Com vasta experiência, jornalista desembarca em outubro em Uberlândia; essa é a quinta vez que o especialista participa do evento

Durante sete dias, Uberlândia será o destino comum de artistas de vários cantos do país, que se reunirão no Teatro Municipal para o 26º Festival de Dança do Triângulo – Encontros: razão, emoção e cena. Com programação extensa, o evento ocorre entre os dias 15 e 21 de outubro e contará com as análises e crônicas do jornalista Carlinhos Santos, que desembarca na cidade com as credenciais de um dos principais críticos em dança do Brasil.

Formado em História pela Universidade de Passo Fundo (RS) e em Comunicação Social – Jornalismo pela Unisinos, Carlinhos Santos conheceu a dança há quase 20 anos. Sua relação com o Festival de Dança do Triângulo começou ainda em 2009, quando pisou em solo uberlandense pela primeira vez.

“Foi muito bom. Conheci a Oficina Cultural, a Arena Sabiazinho, e logo pintaram convites para retornar em outras edições. Minha paixão pela dança iniciou como frequentador e sempre procurei assistir, aprender e, como jornalista, exerci a escrita específica sobre o assunto. Procuro ver tudo, desde o clássico até o contemporâneo, bem como as danças étnicas e afros, que também são muito fortes em Uberlândia. Acredito que essa mistura que faz a cidade ainda mais viva”, afirmou.

Circuito de dança

Especializado em Corpo e Cultura – Ensino e Criação, pela Universidade de Caxias do Sul (RS), Carlinhos desenvolveu o mestrado em Educação, com a dissertação Corpo e Educação com a Companhia Municipal de Dança do município gaúcho, onde foi professor no curso de Tecnologia em Dança. Como colunista, trabalhou em jornais como Pioneiro (RS), Correio do Povo (RS), Zero Hora (RS), Diário Popular (SP) e Extra (RJ).

O reconhecimento na crítica artística nacional rendeu ao jornalista o convite para participar de alguns dos principais eventos de dança do país, como o Festival de Joinville (SC), Interação e Conectividade, de Salvador (BA), Sesc Santo Amaro (SP), além de oficinas sobre críticas em dança em Cuiabá (MT). Com presença confirmada no Festival de Dança do Triângulo, ele destacou o potencial cultural da cidade.

“Uberlândia tem uma cena muito forte, com a possibilidade de formação técnica e de ensino superior, mas esse movimento agrega ainda mais, com equipamentos culturais que mantém essa programação viva. Meu grande desafio será construir um texto que converse com aquilo que verei em cena, seja das escolas amadoras ou profissionais, para que as artes se complementem, entre público e artista. Não é uma tarefa fácil, mas minha expectativa é a melhor. Acredito que será uma edição muito bacana e que enriquecerá a cultura da região”, adiantou.

Críticas serão disponibilizadas no portal

Além de festivais, mostras e oficinas pelo país, Carlinhos Santos atua como colaborador no site Agora Crítica Teatral, de Porto Alegre (RS). Durante todos os dias do Festival de Dança do Triângulo, suas análises e crônicas poderão ser conferidas no portal da Prefeitura de Uberlândia. Com recorde de participantes, o evento acontece entre em outubro, com programação a ser divulgada em breve.

Fonte: Secom PMU